Logotipo
Slogan

 


Ler Revista

 

 

NOTA DE APRESENTAÇÃO

 

Assinalemos com agrado e entusiasmo o nascimento desta nova revista que permitirá o incremento comunicacional entre os profissionais e os demais interessados no domínio do conhecimento da “adictologia”. Os corpos gerentes da APPED tomaram a decisão desta iniciativa criadora para afirmação do conceito de “adictologia” já que este permite uma extensão compreensiva do ponto de vista científico. Pretende‑se assim fomentar valor do saber que se sobreleve às antigas noções, sobretudo narrativas, de dependência. Neste âmbito, serão benvindos todos os contributos que contribuam para a informação e formação dos leitores e fundamentalmente criem novidade. Todos nós beneficiaremos com as experiências de outros e esse benefício traduzir‑se‑á no estabelecimento de vínculos pessoais e profissionais bem necessários às nossas vidas. Fundar uma revista, qualquer que ela seja, e mantê‑la viva e atuante é sempre um empreendimento esforçado fruto de muitos voluntarismos, mas também de fantasias e imaginação. O seu futuro dependerá do trabalho de quem a edita e de quem nela colaborar. Todos ditarão o seu caminho. Para já, creio que começamos bem.

 

A Direção

Assinalemos com agrado e entusiasmo o nascimento desta nova revista que permitirá o incremento comunicacional entre os profissionais e os demais interessados no domínio do conhecimento da “adictologia”. Os corpos gerentes da APPED tomaram a decisão desta iniciativa criadora para afirmação do conceito de “adictologia” já que este permite uma extensão compreensiva do ponto de vista científico. Pretende‑se assim fomentar valor do saber que se sobreleve às antigas noções, sobretudo narrativas, de dependência. Neste âmbito, serão benvindos todos os contributos que contribuam para a informação e formação dos leitores e fundamentalmente criem novidade. Todos nós beneficiaremos com as experiências de outros e esse benefício traduzir‑se‑á no estabelecimento de vínculos pessoais e profissionais bem necessários às nossas vidas. Fundar uma revista, qualquer que ela seja, e mantê‑la viva e atuante é sempre um empreendimento esforçado fruto de muitos voluntarismos, mas também de fantasias e imaginação. O seu futuro dependerá do trabalho de quem a edita e de quem nela colaborar. Todos ditarão o seu caminho. Para já, creio que começamos bem.


botao-contacto